6 de dez de 2012

Mero prazer

...O enredo da musica estava se desenrolando, sua parte preferida estava chegando. E em um determinado momento, pôs-se a dançar.Outrora pulava. Outrora rodopiava.
Esquecia de tudo e de todos, apenas o momento lhe era valioso. Um arrepio. O êxtase em suas veias. Pelos irisados. O suor escorrendo. O calor ardente. Sentimento de paz.
Tudo se encaixava com a música que a deixava viva novamente...

Nenhum comentário:

Postar um comentário