18 de jan de 2015

Coma ausência. Com a ausência.

Sentada.em frente.da janela(entre) aberta....respiro
 Que falta me faz sua falta que não entra mais neste quarto, e não se joga da janela.
  Falta que não me faz mais sentido. Mas um dia fez sentido para os dois. Ausência cênica. A porta ainda esta (entre!)aberta. Entre. A cama ainda esta (comaausência) arrumada. O corpo (despido) ainda dorme.
  Entre e veja a falta que faz sua falta. A ausência de ausência nesta casa. A falta de corpos. A falta de verbo. A sua falta.Você.
 Veja bem, olhe o chão limpo. Sem cacos de vidro. Sem rastros da ausência sentida. Sem falta perdida.
 Sinta o aroma. A fragrância. A distancia de dois seres. doiseresausêntessemparentêseseespaço. Lados que não foram divididos. Mantendo-se uno.Une.Unilateral para os dois.Nós dois.
 O ar que faltava. O ar que fal(a)-va ta faltando. O ar que respirava, gás carbônico que voltava e sentia falta dessa ausência de ser.Na sala escura não (entre) aberta para nós. Para você. Para mim.

em memoria

"Morreu de quê?
 -Se sufocou com as palavras que nunca disse"

Menino,quem vai entender o que pensou e o que sentiu? Essa dor era só sua e de mais ninguém. E assim como fato surpresa deve ser respeitada e não julgada ou desmoralizada.
Coisas importantes largadas para trás. A dor fora mais, que mal há em sentir dor? Que mal há em se sufocar com tal? Nenhum. Sentiu.Chorou.Pulou.Voou.... Sem alardes, apenas memórias de tempos bons que presenciou, viveu e sorriu, cuja dor ocultou para todos, perante todos. Até agora.

 Eu to cansada dessa demora, desse tempo que custa à passar. Eu to cansada de toda a nossa falcatrua. Desse vai-não-vai. Desse rola-não-rola. Cansei desses olhares trocados à distâncias. Dessa insegurança e da não esperança. Eu cansei desse tempo todo...eu só queria poder me ver, me ler em você, me traduzir em cada curva, em cada gesto e afeição sua. Por um dia, um minuto. Apenas um momento eu quis, eu quero. Ser sua por um segundo que for, apenas ser e não inventar, não tomar posse nem nada. Eu queria apenas ser, e deixar estar o momento do tato, do cheiro, dos corpos e nada mais. Eu to cansada disso tudo, dessa coisa toda, apenas me toma e me faz esquecer do mundo, me faz esquecer de mim.