25 de nov de 2011

Caroline

 Memórias, não passam disso. Memorias que um dia foram jovens e cheias de energia.
 Caroline,se deliciava ao som das músicas.Seus músicos preferidos sempre fora Beethoven e Mozart. Ambos ela ouvia sem enjoar.
 Para cada estado de seu humor, ela encontrava a trilha sonora certa. Quando estava deprimida recorria ao seus amigos violinos.
 A música começava,o volume de certa forma alto de mais para os vizinhos, mas Caroline não ligava. O enredo da musica estava se desenrolando, sua parte preferida estava chegando. E em um determinado momento, pôs-se a dançar. Pulava. Elaborava gestos e gestos enigmáticos que compunham uma coreografia. Delicadamente balançava seus braços para um lado e para outro, o sorriso em sua face presente.Outrora pulava. Outrora rodopiava.
 Esquecia de tudo e de todos, vivia apenas o momento.
 Um arrepio. O choro dos violinos. O êxtase em suas veias. Pelos irisados. O suor escorrendo. O calor ardente. Sentimento de paz.
 Tudo se encaixava com a música que a deixava viva novamente...    

Nenhum comentário:

Postar um comentário